Para vencer a crise, construção civil está deixando o conservadorismo